» Brasil » Corrupção » Cultura » Cursos » Destaques » Economia » Educação » Eleições 2017 » Eleições 2018 » Especial Publicitário » Fique informado » Infraestrutura » Oportunidades » Política » Saúde » Segurança » Transporte
» Galerias » Vídeos

NOTÍCIAS

Destaques | 31/10/2020 22:25

Justiça Eleitoral concede direito de resposta a David Almeida sobre matéria publicada pelo portal Fiscaliza Manaus

Reprodução Internet

Continuamos na missão contra a propagação de fake news. Mais uma vez, graças ao Estado Democrático de Direito e o bom funcionamento das instituições, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) repôs a verdade, ao dar a mim nova causa ganha contra veículos de comunicação que divulgam informações incorretas, com a única finalidade de confundir a população e prejudicar a nossa imagem em pleno processo eleitoral.

 

Assim como outros veículos, desta vez o portal Fiscaliza Manaus publicou matéria com conteúdo inverídico. A matéria afirmou que o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCEAM) teria dado como julgado como verdade as supostas “cirurgias superfaturadas” durante a nossa administração, como governador interino do Amazonas, em 2017.

 

Ao contrário do que afirmou o veículo, a publicação do TCE-AM dá conta de que tão somente ocorreu um julgamento de representação para determinar a instauração da Tomada de Contas Especial, de sorte a apurar eventuais danos ao erário em processo de dispensa de licitação. A mesma publicação não faz menção ao nome do então governador do Estado, e reitero que não há manifestação acerca do mérito decorrente de sobrepreço ou superfaturamento.  

 
É importante dizer, ainda, que o ex-gestor da pasta de Saúde do Estado Amazonas, doutor Vander Rodrigues Alves, se manifestou surpreso a respeito da decisão da tomada de contas, em vista da existência de manifestação da assessoria jurídica da secretaria, assim como da CGL-AM, favorável à dispensa de licitação. Assim como nos outros portais, Alves também não foi ouvido pelo Fiscaliza Manaus. Ela irá recorrer da decisão que lhe imputou multa, bem como prestará todos os esclarecimentos, com provas documentais da lisura do processo em eventual tomada de contas especiais.
 
Diante dos fatos, fica claro que a publicação busca, na realidade, ofender a minha honra, com o claro intuito de gerar prejuízos da imagem junto ao povo manauara. Por isso, sendo um grande defensor da liberdade de imprensa em nosso país, fico fortemente entristecido ao ver um veículo de comunicação sendo utilizado de forma pouco profissional.
 
Aproveito esta oportunidade para lembrar ao público de Manaus que, diante de instituições de respeito, como Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) e o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), eu sou “Ficha Limpa”.
 
Vale lembrar, também, que, em dezembro de 2018, o TCE-AM aprovou minhas contas como governador do Estado, no período de 9 de maio a 3 de outubro de 2017. No ano seguinte, em outubro de 2019, a Justiça Eleitoral também aprovou as minhas contas de campanha, referentes às eleições gerais de 2018. Em fevereiro deste ano, o TCE-AM confirmou a aprovação das minhas contas como presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM), referentes ao exercício de 2018, um ano antes também já tinham sido aprovadas minhas contas como presidente em 2017.
 
Por tudo isso, reforço minha posição como um candidato ficha limpa e sem amarras com padrinhos ou caciques políticos. Esses ataques descabidos se dão por conta da minha independência política, mas é ela que me dá autonomia para trabalhar por Manaus com segurança e autonomia.
 
Atenciosamente David Almeida
 
Presidente do partido
Avante Amazonas   
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:
FIQUE INFORMADO
CURTA NOSSA PÁGINA
facebook.com/portalfiscaliza
facebook.com/portalfiscaliza

O intuito desse Portal é levar informação sem

distorção ao povo, no que diz respeito às autoridades,

além de fiscalizarmos seus trabalhos em nossa cidade!

Copyright © 2017 - Fiscaliza Manaus. Todos os direitos reservados